Linhas de financiamento para sua produção crescer


Linhas de financiamento para sua produção crescer

Existem dezenas de programas para o financiamento agrícola no país, aos produtores rurais que buscam um maior crescimento na produção por meio de investimentos ou custeamento de máquinas. O financiamento em si é uma ferramenta fortíssima, mas antes de escolher um, é preciso muito estudo quanto a taxas de juros, limites de financiamento e prazos, para que o produtor não adquira uma dívida que não poderá pagar no futuro.

Para ajudar a esclarecer algumas dúvidas quanto ao assunto, separamos abaixo alguns financiamentos praticados nacionalmente e em alguns regionais, que possuem respaldo e boas condições para produtores agrícolas.

Pronaf

O Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar é uma linha financiamento disponível a mais de 20 anos, destinada a agricultores familiares e reassentados da reforma agrária, com renda de até 360 mil reais anuais. O financiamento pode ser destinado a custeio de safra e investimento em máquinas, equipamentos e infraestrutura, com taxa de juros que varia de 2,5% a 5,5% ao ano para custeio.

O processo todo é dividido em três etapas, primeiramente procurando o sindicato rural ou a Emater para obter a Declaração de Aptidão do Pronaf (DAP). Em seguida, o requerente necessita ir à Assistência Técnica e Extensão Rural do município para a elaboração do seu Projeto Técnico de Financiamento, ou seja, o projeto com o que precisará de financiamento. Por fim, é preciso encaminhar o Projeto para o agente financeiro responsável, que irá analisar e aprovar o crédito. É possível obter mais informações sobre o Pronaf nesse link.

Finame Agrícola

Com um nome autoexplicativo, esse Programa disponibiliza Financiamento à Comercialização de Máquinas e Equipamentos Agropecuários, todos novos de fabricação nacional. Podem participar pessoas físicas, empresários e pessoas jurídicas, com controle nacional ou estrangeiro, com atuação no setor agropecuário. O prazo do financiamento é de até 90 meses, ou sete anos e meio, com a primeira parcela fixada a partir do 18º mês após o mês do protocolo da operação no BNDES para aprovação. Mais informações sobre o Finame Agrícola aqui.

Proger

Os Programas de geração de emprego e renda são voltados para quem busca renovar a sua infraestrutura, com máquinas novas ou usadas, principalmente para micro e pequenas empresas que buscam um espaço maior na exportação. O prazo para esse setor é menor, são apenas 12 meses, mas o valor financiável é de até 250 mil reais. Mais informações podem ser obtidas no seguinte site.

dr01.idealapps.com.br/projetos/nhsmaquinas.com.br

Cartão BNDES

O Cartão BNDES é uma forma diferente de buscar financiamento. Ele funciona como um cartão de crédito normal, mas com um catálogo específico de produtos que podem ser comprados, definidos no site do BNDES, e com taxa de juros mensais muito abaixo do praticado por cartões comuns. Ele é voltado para micro, pequenas e médias empresas que buscam financiamentos de até 1 milhão, com prazos que variam de 3 a 48 meses. É possível conhecer todas as informações sobre o cartão e seus financiamentos através do site.

Projeto Prosperar (Rio de Janeiro)

Voltado principalmente para investimento, o Projeto Prosperar é uma ferramenta da SEAPEC do Rio de Janeiro para a concessão de financiamento a partir do Pronaf e do FUNDES. O valor financiável para investimento é de até 50 mil reais para indivíduos e 150 mil para grupos, com prazo de até 5 anos e juros anuais de 2%. O objetivo do Projeto é aumentar a oferta de emprego e a renda na área rural, e mais informações podem ser obtidas nesse link.

FCO (Centro-Oeste)

Criado junto à Constituição de 1988, o Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste busca desenvolver a economia da região central do país em diversos setores, incluindo o agropecuário. O programa tem condições diferentes para custeio e investimento, sendo que o último oferece melhores condições: 20 anos de prazo para pagamento, entre 8,5% a.a. e 11% a.a. de juros e até R$20 milhões de limite financiável.

Programa de Apoio ao Desenvolvimento Rural do Nordeste – RURAL

O Nordeste também possui um programa de financiamento específico, oferecido pelo Banco do Nordeste e com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste – FNE. Optam por esse programa os produtores rurais, associações e cooperativas com o interesse de diversificar atividades, fortalecer sua infraestrutura produtiva e realizar melhoramento de rebanho e culturas agrícolas.

As condições, prazos, limites e taxas são muito diversificados, já que desde miniprodutores a grandes produtores do nordeste possuem condições para conseguir um financiamento. O próprio Banco do Nordeste disponibiliza em seu site um link com todas as condições desse Programa.

Você já contratou uma linha de financiamento para a sua produção? Recomenda alguma que está ou não na lista? Compartilhe suas experiências nos comentários!



Gostou? compartilhe!